Páginas

quinta-feira, 21 de julho de 2011

A misericórdia e o juízo (Salmo 101.1)

Em nossas reuniões, Deus tem se manifestado de uma maneira especial através de curas e milagres. Há ocasiões em que mais de cem pessoas são curadas de caroços, sem falar de milagres especiais como o do jovem Thiago, de Porto Alegre (RS), que, aos três anos, perdeu a audição e, consequentemente, a fala. Agora, com 21 anos, ficou completamente curado em um culto que realizei na nossa sede local.

Claro que a cura é um atrativo para trazer uma pessoa ao conhecimento de Deus, pois ela vem para ser curada e acaba recebendo a Palavra da salvação (sobre este assunto falarei em outra ocasião). No entanto, pesa sobre mim a responsabilidade de falar de toda Palavra que procede da boca de Deus (Mateus capítulo 4, versículo 4).

Em Salmos capítulo 101, versículo 1, a Palavra fala sobre a misericórdia e o juízo; pregaremos a misericórdia. Porém, não vamos nos esquecer do juízo – devemos nos lembrar que, depois da morte, vem o juízo (Hebreus capítulo 9, versículo 27). Terei a oportunidade de falar sobre isto em outra ocasião, principalmente, quando a pessoa ora e não recebe a resposta.
Sou pregador e tenho sido usado por Deus para abençoar milhares de pessoas. Mas, se está escrito que aos mentirosos está reservada a segunda morte (Apocalipse capítulo 21, versículo 8), certamente Deus não poderá passar a mão sobre minha cabeça, pois Ele vela sobre Sua Palavra para a cumprir (Jeremias capítulo 1, versículo 12).

Entenda que a pessoa pode ser usada por Deus, ajudar com ofertas especiais e entregar o maior dízimo. Porém, se ela estiver no rol de 1 Coríntios capítulo 6, versículo 10 ou Apocalipse capítulo 21, versículo 8, não entrará no Reino de Deus. Isto serve de alerta para todos, pois Deus não faz acepção de pessoas (Romanos capítulo 2, versículo 11).

Vamos mostrar o poder de Deus que cura, liberta, prospera, mas pregaremos, também, o juízo, pois não fugiremos da eternidade. Se existe o pecado, procuremos, também, a misericórdia, pois ela é nova a cada manhã (Lamentações capítulo 3, versículos 22 e 23).

Em Cristo,
Jayme de Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário